Área de Clientes

novo registo
recuperar password
  CARRINHO
0 Item(s) 0 €

A EDITORA

 

Criada em 1987, a Quimera dedica-se sobretudo à publicação de obras sobre Lisboa. Foi, aliás, com uma coleção sobre a cidade – Lisboa Desaparecida – e com uma das melhores olisipógrafas dos nossos dias – Marina Tavares Dias – que a editora se estreou. Esta coleção acabou por se tornar num fenómeno da história contemporânea da olisipografia, não só por ter ultrapassado os cem mil exemplares. 

Sobretudo especializada em livros ilustrados, as edições da Quimera vão dos livros de pequeno formato – como a célebre coleção “Descobrir” (Gallimard) – até aos grandes álbuns, que constituem a sua principal imagem de marca. 

Acompanhando o rumo dos tempos, foram criadas novas coleções, que se distinguem pela originalidade das imagens e pela singularidade dos formatos. Principalmente pensados para os leitores estrangeiros que nos visitam, livros como Lisboa Iluminada, Porto Iluminado, Portugal Iluminado e a nova série “Panoramas” prenunciam novos projetos e uma nova linha editorial. 

A atividade da Quimera estende-se a outras áreas, que incluem ensaio (cultura, literatura e teatro portugueses), ficção, arquitetura e obras de carácter biográfico, sendo também uma nossa aposta as coleções de livros de introdução/divulgação, sobre vários temas e disciplinas, estudados sob diferentes perspetivas. 

Marina Tavares Dias, Ana Hatherly, Luísa Dacosta, Eduarda Dionísio, Osório Mateus e Eduardo Nobre, a par de nomes como Nuno Cardal, Pedro Dias, Manuel Maria Carrilho, Nuno Rogeiro ou João Caraça são alguns dos autores publicados nesta editora.